Redação: Assessoria PG 1
Revisão: Dr. Wagner Bescow

Uma boa forrageira faz muita diferença!

Uma boa pastagem depende da escolha de uma cultivar forrageira capaz de entregar grande potencial produtivo de forragem de alta qualidade, que se converterá em muito leite ou carne.

Isto é o que oferece o milheto híbrido forrageiro ADRF 6010 Valente da ATTO Sementes, como podemos verificar com o registro do produtor de leite Luiz Henrique Sponchiado, da Fazenda Irmãos Sponchiado, de Vargeão (SC) ao relatar um aumento de 50 litros por dia com a introdução do híbrido Valente.

Edenilson Silva, técnico da Copérdia, responsável pelo atendimento a este cliente, destaca a relação custo-benefício da pastagem. “É um investimento que se paga muito fácil, pois o rebrote é ótimo, e conseguimos um aumento de mais de dois litros de leite produzidos por cada vaca por dia”, afirma.

Dr. Wagner Beskow, consultor agropecuário, interpretando os laudos de análise bromatológica do Valente coletado na Fazenda Irmãos Sponchiado observou que a qualidade da fibra, medida tanto pela “digestibilidade do FDN em trato total” (TTNDFD) de 63,7%, como pela digestibilidade geral em 48 horas de 87,2%, são excepcionais para uma forrageira do tipo tropical. Estes valores raramente passam de 50 e 70%, respectivamente.

Segundo o consultor, “esta alta digestibilidade da fibra permitiram um alto conteúdo de energia e proteína que, no conjunto levaram a uma expectativa de conversão de 1766 litros de leite ou 143 kg de peso vivo, no caso do gado de corte, por tonelada de matéria seca consumida”. Ressalta ainda que “valores como estes só são encontrados nos bons materiais temperados, como nos melhores azevéns”.

“É uma das melhores análises de Valente que já me deparei”, ressalta Beskow, mostrando o grande potencial que este híbrido da ATTO Sementes apresenta para os pecuaristas.

Grupo Atto
Grupo Atto
Grupo Atto
Grupo Atto
Grupo Atto
Atendimento Online